8 dicas de segurança no quarto do bebê

Tempo de leitura: 3 minutos

Além de funcional o quarto do bebê deve ser seguro – é fundamental e prioritário a segurança no quarto do bebê.  É preciso ficar atento a esse quesito na hora de montar o cômodo e preparar-se para a chegada do pequeno. Os móveis precisam ter quinas arredondadas, as tomadas devem ser protegidas, os tapetes, cortinas e cobertores em material antialérgico, dentre outros cuidados. Quando se trata do bem estar do bebê, não se pode esquecer de nada.

Para te ajudar, listamos 8 dicas de segurança na hora de montar e decorar o quarto do seu filho. Anote aí:

1 – Berço

Item indispensável no quarto do bebê. Na hora da compra, certifique-se que o produto tem o selo do Inmetro. Se o berço for pintado, a tinta usada deve ser atóxica para não causar alergia à criança. Os berços com rodinhas precisam conter travas, sendo que pelo menos duas das rodinhas devem ser fixas. Não é ideal posicionar o berço sob a janela, mas se não tiver outra opção lembre-se de instalar uma rede de proteção.

2 – Quinas dos móveis

O ideal é já observar as quinas dos móveis na hora da compra. No entanto, se esse item passou despercebido e você já adquiriu o móvel, fique tranquila. A solução é colocar protetores nas quinas. São facilmente encontradas em lojas de acabamentos e decoração ou você mesmo pode confeccionar com EVA (espuma vinílica acetinada) — existem vários moldes na internet para você copiar.

3 – Tomadas

A incidência de choques elétricos em crianças é muito grande. Afinal, os pequenos são bem curiosos e quando começam a engatinhar, enfiam o dedinho em tudo. O ideal é colocar protetores em todas as tomadas. Se estiver precisando com urgência, uma fita adesiva também resolve o problema temporariamente. Para isso, passe umas 3 camadas de fita por cima da tomada. Mas assim que possível, substitua as fitas pelos protetores específicos.

4 – Paninhos nos móveis

É muito comum colocar sobre algum móvel um pano de decoração. No entanto, é preciso ficar muito atento a isso. A criança pode puxar a ponta do pano e objetos dos mais diversos podem cair sobre ela. Portanto, é bom evitar.

5 – Protetor de portas

As crianças adoram bater a porta, seja por brincadeira ou curiosidade. Como ainda não possuem boa coordenação motora, elas facilmente prendem os dedos na hora da batida. O ideal é colocar protetores também nas portas.

6 – Trava-portas em armários, muito importante para a segurança no quarto do bebê

A curiosidade dos bebês e crianças pequenas é crescente e abrir armários é um dos seus passatempos preferidos. O ideal é que os armários tenham chaves ou você compre um trava-portas. Cuidado redobrado com portas de correr pois podem se tornar uma “guilhotina” para dedos pequenos. No quarto das crianças geralmente não existem produtos químicos, no entanto, tudo que pode causar danos a eles deve ser armazenado no alto, bem fora de alcance, como perfumes, produtos de limpeza e de higiene pessoal.

7 – Tapete

Invista nos modelos antiderrapantes. Assim, a criança não corre o risco de escorregar e cair quando passar pelo tapete. Prefira também os confeccionados com produtos antialérgicos. Os de fibras naturais são os melhores, pois além de causarem menos alergia, podem ser lavados com mais frequência. Essa dica do tecido serve também para cortinas e cobertores.

8 – Janelas

As janelas devem possuir travas, grades ou telas de proteção e nunca coloque móveis próximos ou debaixo das janelas.
Os cuidados com a segurança devem se estender pelo resto da casa. Mantenha sempre os armários e portas fechadas, principalmente do banheiro. Coloque proteção nas tomadas e nos móveis e lembre-se: é preciso atenção redobrada com os pequenos.
E você, tem alguma dica de segurança para compartilhar com a gente? Deixe um comentário e divida conosco sua experiência!

Dicas:  Veja também este artigo sobre o assunto segurança no quarto do bebêSegurança no quarto do bebê: o que não pode faltar

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *